Para fazer “a revolução”, não precisamos pegar em armas ou acabar com a vida de ninguém. A nossa “arma”, são as redes sociais, acredite no poder que nós temos. Basta cada um fazer a sua parte e ampliar.

Leia mais