Não há motivos para grandes comemorações. A floresta amazônica pega fogo, a economia está estagnada, corta-se verba para o saneamento e há milhões de brasileiros, incluindo os desempregados, que não estão a fim de festa. Mesmo assim, o presidente Jair Bolsonaro só pensa nisso:

Leia mais