Os corruptos de ontem agora “moralizam” e os moralistas que os condenaram cuidam de repartir o butim.

Na votação do impeachment pelos deputados assistimos aos horrores que desvendaram, para quem era tão cego que não via, a falta de caráter e a indigência mental da “classe política”. Diziam que o Senado seria mais sóbrio. Até que foi, mas alguns senadores deram o espetáculo

Leia mais