O ex-ministro das Relações Exteriores do Brasil Celso Amorim considerou, em entrevista à agência de notícias Lusa, que o país nunca teve uma posição diplomática tão irracional e desastrada como a adotada pelo atual presidente, Jair Bolsonaro.

Leia mais