O coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra (1932-2015), chamado de herói nacional pelo presidente Jair Bolsonaro, foi um torturador incansável, um estrategista da crueldade. 

Leia mais