Para diversos autores, toda criança é doutrinada com conselhos sobre a importância de ser boa, santa, perfeita. Quando não agia assim, era sempre punida de uma maneira ou de outra. Talvez a pior punição fosse quando os pais retiravam o seu afeto ou ficavam com raiva da criança. Não é à toa que:
“Ser mau” esteve sempre associado a castigo e infelicidade.

Leia mais