O Brasil vive a era do radicalismo. E, como em todo ambiente extremado, existem dois lados que, embora berrem, só ouvem o que lhes interessa ­— mesmo que o trombeteado por suas turbas sejam estelionatos históricos. 

Leia mais