Contou Chico Xavier: “Os espíritos obsessores, muitos deles, são altamente treinados na técnica de hipnotizar: quase sempre eles hipnotizam as suas vítimas quando elas se retiram do corpo no momento do sono. 
Por este motivo, muita gente acorda mal humorada e violenta. se soubéssemos o que nos espera no além, não dormiríamos sem recorrer aos benefícios da prece.Os espíritos que são nossos desafetos nos espreitam; se não tivermos defesa, eles farão conosco o que bem entenderem.
Há obsessões terríveis que são programados durante o sono; toda noite é uma sessão de hipnose. De repente, é uma agressão violenta dentro de casa, um crime inexplicável.”

Esta observação de Chico Xavier mostra que, todos nós estamos sujeitos a este assédio.
Não sabemos se fizemos um inimigo no passado que hoje nos assedia ou assediará.
Sabemos apenas que todos temos débitos contraídos nesta ou em outra encarnação e que teremos que reparar, ou seja, não somos vítimas nem inocentes.
O único espírito que encarnou neste planeta e não tinha débitos com a lei divina foi Jesus Cristo.
Portanto, não julguemos as atitudes alheias. Desconhecemos o motivo que possa ter levado aquela pessoa a cometer uma violência.
Não sabemos se nós ou um dos nossos cometeremos algo igual ou parecido. Aprendemos que os obsessores só conseguem nos influenciar através de nossas falhas morais e nossa invigilância.
E, como ainda somos espíritos imperfeitos, falíveis e muitas vezes invigilantes, não atiremos pedra no telhado dos outros porque o nosso é de vidro.
Como disse William Shakespeare: “Há mais mistérios entre o céu e a Terra do que supõe a nossa vã filosofia”.

Postado por Ana Maria Teodoro Massuci, em 05/08/18, na Rede Espirit Book

Posts Relacionados