Inclusive, espíritos que muitas vezes nos rodeiam, – que, em alguns casos, sentimos ao nosso lado – por incrível que pareça, não são nossos inimigos. Não são meus inimigos, não são seus inimigos, porque não estamos numa guerra.
Não se trata de uma guerra de “nós” contra “eles”.
Estamos, sim, numa corrida espiritual em busca da perfeição.
Fisicamente, quando nascemos, vencemos uma corrida. Porém, essa corrida continua no mundo espiritual rumo à evolução. Mas a diferença é que nessa corrida – espiritual – não há competição.
Existem alguns – ou muitos – retardatários que ficaram pra trás. E esses vão tentar atrapalhar a sua corrida. Só que eles não são seus inimigos. É muito provável que eles estejam competindo com você, mas você, que está rumo à evolução, não está competindo com eles.
Isso ocorre porque em algum momento histórico é possível que tenhamos sido inimigos na vida física. Só que muitos não superam essa inimizade. E é justamente por isso que são os retardatários nessa corrida rumo à evolução.
É possível prever que está indo rumo à perfeição, não compete. Muito pelo contrário, ajuda e procura demonstrar o caminho para que aqueles retardatários também possam entrar na corrida e evoluir.
Se você está correndo, e se sente bem, se sente livre, e que está evoluindo, não tenha raiva daqueles que tentam atrapalha-lo. Tenha compaixão, e por incrível que pareça, tenha amor.
Porque os retardatários estão atrasados justamente porque ainda não conseguiram sentir a palavra dos Mestres. Os ensinamentos de Jesus Cristo e de outros grandes avatares que encarnaram na Terra ainda não atingiu esses espíritos.
Logo, quem sabe, o papel do Espírita pode ser repassar esses conhecimentos. Então, com o sentimento dos grandes mestres, vamos tentar ter o mesmo sentimento em relação aos atrasados.
Ainda que muitos sejam aqueles obsessores “odiáveis”, é importante termos desprendimento para saber que, em verdade, não são “odiáveis”, mas são, no geral, pobres sofredores, atrasados e retardatários.
Façamos algo por eles.
Fazendo algo por eles, sem dúvida, estaremos correndo ainda mais rápido rumo à perfeição.
Pense nisso.

Autor: Freddy Spee

Postado por Nilza Garcia, em 20/03/20, na Rede Espirit Book.