A palavra gratidão nos remete a quem é grato e reconhecido. É um sentimento de lembrança e agradecimento por um bem recebido de alguém ou algo que se tenha conquistado através de muito esforço.

            A ingratidão pertence aquele que não reconhece um benefício e nunca se lembra de agradecer, nem mesmo pela vida que lhe foi dada por Deus.

            Temos assim, diante de nós, no uso de nosso livre arbítrio, a possibilidade de agradecer ou reclamar daquilo que temos em nossa vida.

            Amizade, trabalho, estudo, família, saúde, cidade, doença, alegria, tristeza, casa, religião e relacionamentos são alguns exemplos de nossa rotina diária e que podem ser motivos de agradecimentos ou de constantes reclamações.

            O mais comum em nossa situação atual de espíritos em desenvolvimento é reclamarmos de tudo, como se isso fosse capaz de transformar as situações que, em nosso ponto de vista, são ruins em algo positivo sem que para isso fosse necessário mudarmos a nossa vibração espiritual.

            Porque é tão difícil termos uma postura positiva e de confiança sobre aquilo que ocorre rotineiramente em nossas vidas? Porque, ao invés de reclamarmos daquilo que não temos, não sermos gratos pelo que já possuímos e usufruímos?

            A reclamação é uma ação, infelizmente, muito comum em nossos dias, diante das dificuldades, porém, é um reflexo do orgulho ainda em nós falando muito alto e nos impedindo de sintonizarmos com o auxílio superior.

            A gratidão é o resultado do desenvolvimento da humildade e facilita a sintonia com aqueles que buscam a harmonia e o equilíbrio em suas ações.

            A ingratidão não traz nenhum benefício e nos faz perder precioso tempo em busca da solução ou do entendimento dos obstáculos e nem sempre queremos aceitar essa situação. Em razão disso, existem aqueles que de tudo reclamam e fazem do exposto quase que um modo de vida. Vivem amargos e vêm naqueles que conseguem enxergar as belezas da vida pessoas fora da realidade, com a “cabeça nas nuvens”, como se diz popularmente.

            Sermos gratos significa constatar que recebemos muitos benefícios daqueles que nos cercam, mas, principalmente de Deus, que oferece através de suas leis, perfeitas oportunidades igualitárias a todos e em todos os momentos.

            Lembre-se que você é o responsável pela qualidade de sua vida e que o pensamento de gratidão está sempre ligado ao que é bom e belo.

            A gratidão nos torna pessoas melhores, porque, se o agradecimento não nos tira os obstáculos, é capaz de nos mostrar que é possível superá-los.

            Esforce-se para deixar de reclamar e agradeça a Deus pela vida e pelas oportunidades justas que nos ajudarão a desenvolver a estabilidade espiritual, indispensável para que construamos uma sociedade melhor.

Jorge Jossi Wagner
Jornal Verdade e Luz
Junho 2018, pag 10