O caso tem tantos anos que não sei se o protagonista ainda vive.
O Chico foi procurado por um gerente de Banco, que trazia o Evangelho nas mãos e foi logo dizendo:

– Olha, senhor Chico, tentei seguir o Evangelho à risca e posso dizer ao senhor que não dá certo não.
– Mas o que foi que lhe aconteceu, meu irmão?

Ele abriu o Evangelho no versículo quarenta e dois, do capítulo cinco, do Evangelho de Mateus e leu: “Dá a quem te pedir e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.”
Depois continuou:

– Fui procurado por uma pessoa que estava em grande dificuldade e que me solicitou um empréstimo vultoso. Emprestei-lhe o dinheiro e a pessoa não pagou até hoje. Agora ou dou um jeito de pagar, dispondo até de minha própria casa, ou o Banco me põe na rua. Você pode me dizer por que fui tão castigado se segui fielmente o Evangelho?

O espírito de Emmanuel, então, lhe respondeu:

– Meu amigo, não estamos contra os ensinamentos de Jesus, mas Ele nos ensinou isso para quando o dinheiro for nosso.

(Livro: Kardec Prossegue de Adelino da Silveira)

Postadso por Ana Maria Teodoro Massuci, em 20/09/18, na Rede Espirit Book.