https://www.youtube.com/watch?v=

rYFOxqRsRn0

Casamento gay na visão espírita foi o tema do Mundo Maior Repórter deste mês. Esta edição fala sobre a cerimônia do casamento e mostra como o espiritismo vê a união de duas pessoas do mesmo sexo. Em busca de uma visão científica sobre o tema, nós conversamos com o psiquiatra que é referência nacional e realiza atendimento de pessoas transsexuais no Sistema Único de Saúde (SUS) há mais de quinze anos, Alexandre Saad. Qual é a opinião pública sobre a união estável de pessoas LGBTI+ tanto no civil quanto no religioso? Nossa equipe foi até as ruas para saber o que as pessoas pensam sobre isso. Com a participação do Palestrante e Escritor Espírita, José Medrado, e dos Psicólogos e Estudiosos da Doutrina Espírita, Ildo Rosa, Adriana Morales e Marisa Alem. QUER AJUDAR A TV A CONTINUAR COM ESSE TRABALHO? APOIE O CLUBE AMIGOS DA BOA NOVA ACESSE: https://amigosdaboanova.com.br Ou ligue para (11) 0800 12 18 38 #casamentogay #visãoespírita #casamentogayvisãoespírita #homosexualidade Participe divulgando o espiritismo! Inscreva-se no canal, compartilhe, deixe o seu joinha e comentário neste vídeo! É a TV Mundo Maior levando a vida até você! Saiba como assistir a TV Mundo Maior na sua cidade. Acesse: https://tvmundomaior.com.br/como-assi… INSCREVA-SE NO CANAL https://goo.gl/B9pptP Entre nos nossos sites: http://radioboanova.com.br http://tvmundomaior.com.br Curta no Facebook: https://goo.gl/7s6rjr https://goo.gl/Biw19S Siga no Twitter: https://twitter.com/redeboanova Instagram: https://www.instagram.com/tvmundomaior/ https://www.instagram.com/radioboanova/

Nosso comentário: me perdoem todos os comentários favoráveis a uma união homossexual, mas eu, particularmente não concordo. De maneira alguma passa pela minha cabeça marginalizar, estigmatizar ou violentar quem tiver essa vontade e desejo. Cada um é livre de fazer o que quiser do seu corpo físico e emocional. Mas, concordar, não concordo de maneira alguma. Não está escrito em parte alguma da bíblia ou qualquer outro livro religioso que essa união é normal e natural. Não está escrito ou subentendido em qualquer livro espírita que a essa união é correta. Não sei porque tem alguns espíritas julgando-se sabedores do contexto e criticando aqueles que não aceitam essa união.

Como está escarrapachado na bíblia para aqueles que a aceitam, porque ela está completamente adulterada e desfazada no tempo. Os seus contextos não têm nada a ver com o presente. Todavia diz lá segundo palavras do criador: Deus criou o macho e a fêmea para se unirem e se multiplicarem. Em nenhum contexto diz que criou dois machos ou duas fêmeas para se amarem… simplesmente. Não é esse o contexto da criação. A criação dos mundos tem um objetivo: crescer e multiplicar-se.

Segundo a ótica espírita, é evidente, como sabemos que os espíritos, como espíritos, não têm sexo. Então ao reencarnarem podem tomar a forma de um homem ou de uma mulher conforme as necessidades de evolução espiritual, conforme comentário feito. Entretanto, quando algum espírito reencarnou muitos anos como homem e por fim reencarna como mulher, é evidente que traz eventualmente uma carga masculina, por isso as manifestações e sensações masculinas no corpo de uma mulher e vice versa.

Não obstante, cumprirá a esse espírito sublimar essa tendência, porque faz parte da sua evolução e jamais pretender que siga a sua vontade exacerbada e como cúmulo a mudança de sexo.

Esta é a minha opinião segundo o conhecimento que tenho da doutrina espírita, mas jamais ter preconceito, marginalizar ou violentar quem seguir e concretizar essa tendência. O que não implica que eu possa aceitar tal desvio de personalidade.

Alberto Maçorano