Movimentos de direita e apoiadores da Lava Jato protestam neste domingo (17.mar.2019) em vários Estados contra decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que determinou a competência da Justiça Eleitoral para julgar processos da Lava Jato que envolvem crimes comuns ligados a crimes de caixa 2. Os atos são realizados no mesmo dia em que a operação completa 5 anos de atuação.

A decisão dos ministros foi por 6 a 5 na última 5ª feira (14.mar.2019) e foi alvo de críticas de políticos, principalmente do PSL e de apoiadores da operação.

O movimento que mais inflou o pedido para a população ir às ruas é o o MBL (Movimento Brasil Livre), apoiador explícito da Lava Jato. O grupo convocou manifestações em 19 Estados e no Distrito Federal.

Também houve convocação por parte dos movimentos Vem Pra Rua, Nas Ruas, Direita CascavelEndireita FortalezaDireita Zona Norte Rio De Janeiro e Vem Pra Rua Floripa.

Há registros de protestos em Brasília, Rio de Janeiro, Campinas (SP), Salvador (BA), Recife (PE) e Belo Horizonte (MG).

Os manifestantes se vestem com as cores verde e amarelo da bandeira do Brasil. Há muitos ainda com camisetas com a imagem do presidente Jair Bolsonaro.

Em Brasília, cerca de 100 pessoas, de acordo com a estima da Polícia Militar do Distrito Federal, protestaram nesta manhã na Praça dos Três Poderes, em frente ao STF. Há entre os manifestantes 1 caixão escrito “Lava Jato”, em crítica à medida do Supremo. Também há faixas com os seguintes dizeres:

  • STF, Quem matou a Lava Jato?”; 
  • “STF, puteiro do PT”;
  • “Contra STF corrupto”;
  • “Gilmar Mendes, impeachment”;
  • “Tenho vergonha do STF”;
  • “STF qual é o teu negócio, sabemos quem são os teus sócios”.

Os manifestantes também gritam: “Fora Marco Aurélio”; “Fora STF”; “Fora Lewandowski”.

Assista abaixo à cenas de protestos em Brasília, realizado na Praça dos Três Poderes, em frente ao STF.

 

Nosso comentário: enaltecem tanto a Lava Jato como se fossem uns heróis, os “salvadores da Pátria”, quando não passam de extensões dos tribunais judiciais. Não foi a Lava Jato que iniciou o combate à corrupção, que após ter começado com boas intenções, acabou misturando tudo, fazendo uma “salada russa” política e atentando descaradamente contra o sistema democrático, extrapolando os seus poderes como se fossem deuses, sem que nada lhes aconteça, como foi o caso das escutas telefónicas vasadas de Lula e Dilma.

E para culminar condenam o Lula sem um comprovante mínimo que seja para formalizar a condenação. É para isso que querem a Lava Jato? Nesta altura do campeonato é muito difícil distinguir o trigo do joio e esses senhores procuradores da Lava Jato com pouca maturidade mas com muita sede de dinheiro, não sabem o verdadeiro alcance da miserabilidade do brasileiro. É muito fácil falar de “barriga cheia”, vivendo em mansões e com altos salários, sem imaginar o que sofre o povo brasileiro de verdade.

Então, para mim, não tem mesmo razão de existir essa tal de Lava Jato e parem de fazer uma caça às bruxas…

Quem quiser saber verdadeiramente a razão do início da Lava Jato, pesquise na Internet, que lá encontrará os verdadeiros motivos do início dos bastidores  da Lava Jato, que não teve nada de meritório. Apenas deram andamento a denúncias de corrupção por outras entidades, demorando muito para darem credibilidade a essas acusações e depois mexeram tudo no mesmo canil político, e aqui estamos para ver e assistir à sua governabilidade por alguém que se julga “escolhido” por Deus para exercer o seu mandato como simples mortal e cheio de defeitos.

Alberto Maçorano