RIO – Circula nas redes sociais um vídeo em que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) é hostilizado e chamado de golpista por uma mulher na praia do Leblon, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Pelo celular, ela filmou Aécio e a família na praia, no feriado de ontem, dia 26, ao mesmo tempo em que hostilizava o senador.

“Aqui a gente está vendo um golpista na praia, com os filhos. Pouco se lixando com o Brasil, que está pegando fogo. O golpista está aqui na praia, gente, olha. Parabéns pelo você está fazendo pelo Brasil”, diz a mulher que gravou o vídeo e não teve o nome identificado.

Aécio ignora as provocações e caminha para deixar a praia, enquanto sua mulher, Letícia Weber, responde: “Você não sabe do que está falando”. Ao que a mulher replica: “Eu falo o que eu sei. Eu tenho certeza”. 

O nome de Aécio apareceu, na última semana, nas gravações do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado (PMDB-CE), que, em conversas com outros políticos do PMDB, sugere o envolvimento do senador nos esquemas de corrupção investigados pela Polícia Federal, na Operação Lava Jato.

Nosso comentário: alguém sabe explicar por que o senhor Gilmar Mendes (STF), tem barrado as investigações contra o figurão Aécio Neves? É isso que se chama democracia? É isso que se chama isenção jurídica? Já se julgam semi-deuses. Sequer se preocupam em dar exemplos de dignidade e respeito? Coitados! Sequer sabem o que isso significa… Simplesmente uma afronta à miserabilidade que graça neste país.

Alberto Maçorano

 

Posts Relacionados