O Museu Chico Xavier, também conhecido como Casa de Memórias e Lembranças de Chico Xavier, é um museu em homenagem ao Chico Xavier, um dos maiores ícones do espiritismo. O local é a casa que o médium adotou desde a sua chegada em Uberaba, Minas Gerais. Independente de crenças, aliás não tenho nenhuma religião, é um lugar interessante para se visitar e conhecer a história deste homem que fez história.

O museu fica em uma rua residencial, bem tranquila, que quase passa despercebido, senão fosse a entrada imponente, com um grande mural a frente e uma porta de vidro fumê. Também foi nela que funcionou o centro espírita onde ele recebia as pessoas que o procuravam.

Logo na entrada do museu, se depara com uma loja onde existem vários livros, DVD’s, CD’s, camisas, calendários e diversos souvenirs com a imagem de Chico Xavier. Por uma porta lateral, os visitantes tem acesso a casa em si! Uma casa comum de interior, muito simples, com tons de branco e azul, móveis em madeira e muitas flores.

Atualmente, as paredes estão decoradas com diversas fotos do médium, de visitantes, pinturas mediúnicas, cópias de psicografias, prêmios recebidos, entre tantas coisas. Sem contar que praticamente todo o mobiliário foram os usados pelo Chico enquanto morou no lugar.

O antigo quarto de Chico é impressionante, existem boinas, roupas, imagens, terços, cosméticos, livros (inclusive alguns deles bem antigos e gastos) ente outros objetos. Em outros dois dos quartos da casa, não é possível entrar. Na porta há uma espécie de porta de vidro, com uma abertura onde você coloca a cabeça para dentro para visualizar melhor o local.

Há ainda uma outra casa em anexo, onde também existem mais pertences, quadros, roupas e não é tão simples quanto a primeira. Funciona como se fosse uma casa de apoio.

A entrada do museu é gratuita!

Localização | Contatos Rua: Dom Pedro I, 165 Bairro: Parque das Américas De Segunda à sexta-feira: 8h às 11h e das 13h às 17h30 Sábado: 8h às 12h Tel: (34) 3336-5967 Site:www.chicoxavieruberaba.com.br

Postado por Ana Maria Teodoro Massuci, em 02/07/16, na rede Espirit Book