O ano de 2015 foi pior do que 2014 e, com certeza, foi ou será melhor que 2016. Todos os indícios e previsões, mesmo dos mais otimistas são os piores possíveis. Não precisamos escrever que foi devido à corrupção, todos já sabem, nem precisamos

escrever que foi devido à impunidade, também sabem. Todos já sabem também que não precisamos escrever que o Congresso, o Senado e o Judiciário viraram “balcão de negócios”, de “bandidos julgando bandidos”, do “toma lá, dá cá” e do “não me mate que eu não te mato”. Destruíram, todos sabem, não precisamos escrever, um pedaço do Brasil em Minas Gerais, Espírito Santo e Oceano afora. Mas o que precisamos escrever, e que todos também já sabem é que o desemprego campeia pela nação, a inflação irá bater em todas as nossas portas e uma conta bilionária será paga com o nosso sacrifício. Em 2016 só poderemos minimizar esta crise voltando às ruas para protestar, principalmente em Brasília que é a sede da imoralidade nacional

Reinaldo Gonçalves
Administrador de empresas 
jornal A Cidade
Ribeirão Preto, 28/12/15 

Nosso comentário: meu caro Reinaldo, todos ou quase todos sabemos, realmente, o estado de sítio em que se encontra este imenso Brasil. Nem por isso temos o direito de atribuir culpas arbitrárias a quem quer que seja. Li nas “entrelinhas” que está imputando a culpa de toda a situação à Dilma, ao Lula e ao PT. Antes do mais quero lembrar-lhe que sou português residente há vinte e cinco anos, sequer voto. Por isso a minha análise não é partidária mas, costumo pautar o meu pensamento e as minhas ideias pela neutralidade e o mais coerente com o bom senso e discernimento. Além do tempo em que me encontro no Brasil, conheço muito bem a sua história. Nunca o Brasil foi tão reconhecido internacionalmente como nos governos Lula. E talvez nunca tenham passado pela presidência nomes mais honestos, sinceros e íntegros quanto os de Lula e Dilma. Isto nada tem a ver com o partido PT que, não obstante, ser também afetado pela bandalheira em alguns nomes importantes, de maneira alguma poderão afetar os nomes atrás mencionados. Pelo que sei, tudo que vc mencionou no seu comentário, o Brasil vem vivenciando desde que se conhece como nação, em alguns momentos mais do que em outros, ou já não se lembra da inflação galopante que existiu antes do plano real, que não foi cria do FHC como muitos pretendem. Por acaso lembra da promissória que o Lula teve que assinar quanto tomou posse do 1º governo, porque o Brasil estava na bancarrota e sua excelência o senhor FHC foi de chapéu na mão esmolar um empréstimo emergencial ao FMI (Fundo Monetário Internacional)? Parece que não sabe que a crise política foi iniciada pelo senhor Aécio Neves que não aceitou a derrota das urnas e nada fez até hoje, juntamente com os seus apaniguados em prol do Brasil? É para esses e tantos outros que vai o dinheiro suado pelo povo brasileiro. Se cada um que não concorda com determinado governo vai fazer um impeachment, então acabemos com a democracia, porque isso é tudo menos democracia. Está ficando muito difícil digerir tanta demagogia infundamentada em torno dos nomes de Lula e Dilma. Como não disponho de mais espaço para prosseguir a minha prosa, convido-o a visitar o nosso blog: www.albertomacorano.com.br, sobretudo na “Operação Fenix” ondo discorro algumas pinceladas para passar realmente o Brasil a limpo. Que o novo ano traga de verdade, algo de bom ao sofrido e desgastado povo brasileiro.

Alberto Maçorano

 

Posts Relacionados