Os vereadores serão eleitos pelos critérios de sempre, com a agravante: o encurtamento da campanha e as limitações na televisão.
Fica mais fácil a reeleição, perpetuando os vícios que fazem das câmaras um mercado político. Assim tem sido e tudo indica que continuará.

Leia mais