“Não é preciso estatística, nem balanço. A violência e os assaltos crescem a cada dia em Ribeirão Preto. Sente-se na pele. O melhor termómetro é este, o mesmo que se aciona em casos de epidemia de dengue, por exemplo: quando entre as notícias

Read more