O Espiritismo não recomenda que as pessoas façam a regressão da memória, a não ser em casos patológicos raros, em que tal medida possa amenizar os seus sofrimentos. Quando reencarnamos, Deus, na Sua sabedoria e bondade infinitas, concede-nos o esquecimento das nossas vidas pretéritas, o que é, na realidade, uma verdadeira bênção. Este esquecimento é temporário, pois, dura apenas enquanto estamos, nós Espíritos, com a vestimenta da carne.

Leia mais