Nota-se uma certa tendência, na atualidade, das pessoas incorporarem, às suas vidas, novas idéias ou conhecimentos relativos à vida espiritual. Estamos na “nova era” e todos já devem estar cansados de ouvir – e ler – que as coisas estão mudando e que o intercâmbio entre os mundos físico e espiritual tende a aumentar.