O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo disse que o presidente Michel Temer (PMDB) cometeu crime de responsabilidade que possibilita a discussão do seu afastamento e que chega a ser “risível” comparar as provas levantadas contra o peemedebista na esteira das delações da JBS ao Ministério Público Federal e que as levaram ao impeachment

Leia mais