Inicialmente, lembramos que ao cometermos um “erro”, estamos – pelo exercício do nosso livre arbítrio, agindo de forma contrária a Lei da Harmonia do Universo, ou seja, a Lei de Deus. Ao agirmos dessa forma, criamos, em nós mesmos, campos de energias desorganizados, ou seja, fluidos desarmonizantes que necessitarão serem removidos ou reequilibrados em nossa estrutura perispiritual. Ao contrário do que nós imaginávamos, quando éramos principiantes no estudo da Doutrina

Read more