O procurador da República Mário Lúcio Avelar afirmou nesta quarta-feira (24) que o dinheiro da Saneago (Companhia de Saneamento de Goiás) “era usado até para bancar coquetéis no Palácio das Esmeraldas”, sede do Executivo estadual.

Read more