No trajeto de casa para o centro, em semáforo de bastante movimento, tenho me deparado com um pedinte muito estranho. Ele abre diante dos carros enorme cartaz com os dizeres: “Nada é por acaso. Você foi escolhido. Colabore com o meu lanche.”.

Leia mais