O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral, disse nesta segunda-feira, 24, que “não se pode banalizar a presença da polícia no Congresso”. “Não é um bom sinal, não deve ser estimulado”, declarou.

Read more