Abençoar foi uma prática para muitos em tempos passados.  Os pais abençoavam os filhos.  O agricultor abençoava os campos para que fossem férteis e assim por diante.

Por que é tão cercado por melindres, hoje, o senso comum sobre abençoar?  “Só Deus pode dar bênçãos, só Deus pode abençoar.” Dirão alguns. Deus, sem dúvida, tem muito a ver com a benção, se não, não seria uma benção na verdade.  Mas tal pensamento traz o ranço dos muitos séculos sob a batuta de clérigos e do clero, de um modo geral, monopolizando durante todo esse tempo o direito de abençoar.

Leia mais