O mandado de condução coercitiva na Operação Timóteo provocou a ira do pastor Silas Malafaia nesta sexta-feira, 16. Em seu Twitter, colérico, o pastor publicou mensagens, áudio e vídeo negando as suspeitas da investigação que mira em um esquema de corrupção em cobranças judiciais de royalties da exploração mineral.

Leia mais