Se levarmos em consideração a potencial letalidade do câncer, não é incomum que indivíduos acometidos pela doença, ou seus familiares, utilizem crenças e valores espirituais/religiosos para o enfrentamento da doença. Os valores e as crenças espirituais/religiosos servem, em geral, para manter elevada a autoestima, prover um significado transcendente aos acontecimentos vividos, possibilitar conforto emocional e também para fornecer um sentimento de esperança.

Leia mais