Depois de ser hospitalizada por manifestantes em favor do impeachment, a atriz Letícia Sabatella registrou um boletim de ocorrência por agressão numa delegacia de Curitiba, no domingo. Notória defensora da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), a atriz paranaense foi chamada de “prostituta”, “comunista” e “sem-vergonha”, enquanto era cercada por cerca de 20 pessoas durante o protesto.

Read more