“Faltam os executores, os cérebros e os sentimentos. Evite-se a expansão do interesse pessoal, as competições mesquinhas, a ambição de ganhos e domínios, os assaltos ao Tesouro Público, o exibicionismo, e cultive-se, acima de tudo, o interesse da coletividade. Basta isso. A coletividade é a nação e não se compreende o patriotismo fora dessas normas. “Isto está no livro Notáveis Reportagens com Chico Xavier, pág. 205 da 2a. edição IDE-2003. Capítulo 36 – UMA ORIENTAÇÃO POLÍTICA PARA O BRASIL NAS PÁGINAS PSICOGRAFADAS DE CHICO XAVIER!

Leia mais