Allan Kardec escreveu que as mensagens evangélicas devem ser lidas “não com a letra que mata mas com o Espírito que vivifica”. Compreendendo a Bíblia como um relato histórico de um povo e o Evangelho (Novo Testamento), como a herança moral dos ensinamentos cristãos, ela não deve ser entendida ao “pé da letra”,

Leia mais