Na língua, ele fala o que vem à tona, critica certos dogmas da Igreja, como por exemplo do celibato, defende o ecumenismo e que a Igreja se aproxime mais do seu rebanho. Alerta que a humanidade que precisamos descobrir o amor de DEUS e somente quando isso acontecer é que vai melhorar.

Leia mais