“Sei que lágrimas de dor vertes agora dos teus olhos, dia em que teu cão se foi, e se afastou de ti e se aproximou de Deus. Todavia, dou-te uma nota feliz neste dia tão triste: jamais Deus teria sido injusto com os animais! Por isso, não importa quem está nascendo ou morrendo, há sempre alguém chamando por ti; então VIVA!
Agora mesmo, neste exato instante em que choras, teu anjo amado segue e evolui…Brilha na imensidão do espaço e volta, manso e feliz ao aconchego das almas! Com tua mania racional, teimas em duvidar, mas nada importa, senão continuar a VIVER! As hostes dos Anjos e Francisco cuidam das luzes em pêlos e preparam suas patas para uma nova vida.
Enxuga teu rosto e acredita! Fizeste a parte que te cabe no mundo…Um sonho jamais termina num último miado, nem se pode calar os latidos de um dia. Então podemos crer novamente. VIVA!
É que o Criador adora suas crias! E deixa que elas permaneçam sempre vivas na memória dos que ficam… Elas cumpriram com o seu Divino mandato: AMAR-TE

Postado por Ana Maria Teodoro Massuci, em 27/06/17, na Rede Espirit Book