As pessoas tendem a não fazer caso de detalhes aparentemente sem importância. Mas não se deve descuidar dos detalhes. Às vezes, mesmo uma simples palavra fere o coração do outro. Quando o fato se repete várias vezes, pode acabar criando uma situação muito grave. Não devemos negligenciar os detalhes e passar os dias com uma atitude mental displicente. Para ser feliz, é necessária a prática constante de pequenos atos de bem.

Do livro Shiawase e no Passupöto – Seicho Taniguchi