O processo evolutivo do conhecimento espírita não para. Naturalmente em compreensão de cada época,as obras complementares, sobre tudo as da autoria de André Luiz, trouxeram mais iluminação acerca da especificação dos invólucros dos Espíritos.

 

André Luiz substitui o nome tradicional de perispírito por psicossoma ou corpo espiritual;
André Luiz afirma que o corpo mental é o envoltório sutil da mente;
André Luiz afirma também que o corpo vital ou duplo etérico é a duplicata energética que reveste o corpofísico do homem.O Espírito André Luiz, estudando o Homem de acordo com o Espiritismo estabelece que ele é composto de:- Corpo Fisico ou Soma;
– Duplo Etérico ou biossoma;
– Psicossoma;
– Corpo Mental;
– Espírito.a) EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS CAP. 2 PÁG. 25 (1958)

O corpo mental, assinalado experimentalmente por diversos estudiosos, é o envoltório sutil da mente e que, por agora, não podemos definir com mais amplitude e conceituação, além daquela com que tem sido apresentado pelos pesquizadores encarnados, e isto por falta de terminologia adequada no dicionário terrestre.

b) E VOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS 1 ª PARTE – CAP. 17 PÁG. 128 (1958)

No homem, contudo, semelhante projeção surge profundamente enriquecida e modificada pelos fatores do pensamento contínuo que, em se ajustando às emanações do campo celular, lhe modelam, em derredor da personalidade, o conhecido corpo vital ou duplo etéreo de algumas escolas espiritualistas, duplicata mais ou menos radiante da criatura.

c) NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE CAP. 11 PÁG. 99 (1955)

A princípio seu perispírito ou “corpo Astral” estava revestido com os eflúvios vitais que asseguram o equilíbrio entre a alma e o corpo de carne, conhecidos aqueles, em seu conjunto, como sendo o “duplo etérico”, formado por emanações neuropsíquicas que pertencem ao campo fisiológico e que, por isso mesmo, não conseguem maior afastamento da organização terrestre, destinando-se à desintegração, tanto quanto ocorre ao instrumento carnal, por ocasião da morte renovadora.

d) NOSSO LAR – CAP. 36º – O SONHO

Recolhido ao quarto confortável e espaçoso, orei ao Senhor da Vida agradecendo-lhe a bênção de ter sido útil. A “proveitosa fadiga” dos que cumprem o dever não me deu ensejo a qualquer vigília desagradável. Daí a instantes, sensações de leveza invadiram-me a alma toda e tive a impressão de ser arrebatado em pequenino barco, rumando a regiões desconhecidas. Para onde me dirigia? Impossível responder. A meu lado, um homem silencioso sustinha o leme. E qual criança que não pode enumerar nem definir as belezas do caminho, deixava-me conduzir sem exclamações de qualquer natureza, extasiado embora com as magnificências da aisagem. Parecia-me que a embarcação seguia célere, não obstante os movimentos de ascensão.
Decorridos minutos, vi-me à frente de um porto maravilhoso, onde alguém me
chamou com especial carinho: – André!… André!…

Desembarquei com precipitação verdadeiramente infantil. Reconheceria aquela voz entre milhares. Num momento, abraçava minha mãe em transbordamentos de júbilo. Fui conduzido, então, por ela, a prodigioso bosque, onde as flores eram dotadas de singular propriedade de reter a luz, revelando a festa permanente do perfume e da cor. Tapetes dourados e luminosos estendiam-se, dessa maneira, sob as grandes árvores sussurrantes ao vento. Minhas impressões de felicidade e paz eram inexcedíveis.

O sonho não era propriamente qual se verifica na Terra. Eu sabia, perfeitamente, que deixara o veículo inferior no apartamento das Câmaras de Retificação, em “Nosso Lar”, e tinha absoluta consciência daquela movimentação em plano diverso. Minhas noções de espaço e tempo eram exatas. A riqueza de emoções, por sua vez, afirmava-se cada vez mais intensa.

OS CORPOS ESPIRITUAIS NA VISÃO DE OUTROS OUTORES ESPÍRITAS

Jorge Andréa dos Santos, médico e também renomado escritor espírita, entende o homem composto de:

– Corpo físico.

– Duplo Etérico ou Corpo físico

– Perispírito ou Psicossoma

– Corpo mental

– Inconsciente atual

– Inconsciente passado ou Arcaico

– Inconsciente puro ou Espírito

FORÇAS SEXUAIS DA ALMA CAP. 1 PÁG. 32 e 36 (1996)

1) Ainda poderíamos acrescentar no esquema do psiquismo o corpo mental envolvendo o inconsciente atual.

2) Não poderíamos deixar de aventar as possibilidades da existência de um campo energético apropriado, entre o perispírito e o corpo físico, o duplo etérico.

Outros livros de autores diversos:

MEDICINA DA ALMA CAP. 4 PÁG. 43 (1998)
No ser humano, o duplo etérico constitui a parte mais eterizada, ou menos grosseira, do corpo físico.

O PASSE ESPÍRITA CAP. 4 PÁG. 84 (1996)
O duplo etérico é, pois, um corpo fluídico, que se apresenta como uma duplicata energética do indivíduo, interpenetrando seu corpo físico, ao mesmo tempo em que parece dele emergir.

DA ALMA HUMANA CAP. 3 PÁG. 46 (1956)
O duplo etérico tem, pois, uma individualidade própria, característica, inconfundível, ainda que fazendo parte integrante do corpo físico ou somático

MAIS DEFINIÇÕES

1 – INCONSCIENTE PURO/CORPO DIVINO/CORPO ÁTMICO
– Espírito Essência ou Centelha Divina.
– Eu Cósmico.

2 – INCONSCIENTE PASSADO OU ARCÁICO/CORPO BÚDICO
– Onde está gravado a energia mental dos dados relativos a nossa evolução (é como fosse um disquete onde estão gravados arquivos e que para acessá-lo é necessário um computador, este seria o espírito).

3 – INCONSCIENTE ATUAL/CORPO NIRVÂNICO/MENTAL SUPERIOR
– Este é o corpo onde estão latentes as energias criadas pela nossa sentimento, emoções, vontade, desejos, força, imaginação, determinação.

4 – CORPO MENTAL/MENTAL INFERIOR
– Este é o corpo onde somatizam-se as impressões oriundas dos nossos pensamentos (Inteligência, mentalidade, reflexão, raciocínio, associação de idéias, percepção).
5 – PSICOSSOMA/CORPO ESPIRITUAL/PERISPÍRITO/CORPO ASTRAL
– Este é o corpo onde estão as energias ativas criadas pelos nossos sentimentos, paixões, emoções e vícios.
– Ele é também o MOB (modelo organizador biológico – modelador do corpo físico).

6 – DUPLO ETÉRICO
– Campo energético apropriado entre o Perispírito e o Corpo Físico, é semi-material, formado duma matéria mais grosseira que o Perispírito e mais sútil que o Corpo Físico.
– Este é o corpo onde as energias são distribuídas do espiritual para o físico e vice-versa, é
considerado o mantenedor energético, uma verdadeira usina de energia. Distribui as energias
vitalizantes pelo corpo físico. Por isso também é chamado de Corpo da Vitalidade
– É por onde as energias espirituais “condensam” em direção ao corpo.
– É uma espécie de capa fina, sobre a pele, de matéria etérica que forma o magnetismo humano.

7 – CORPO FÍSICO
– Suporte material do espírito encarnado.
– Meio de que ele dispõe para atuar na matéria.
– Nele somatizam-se os impulsos positivos ou negativos oriundos dos demais corpos, em forma de vitalidade ou doenças, desajustes ou desarmonias.
– Nele também somatizam-se as impressões oriundas das personalizadas que vivemos encarnações anteriores, que hoje se encontram latentes mas existentes em nosso animismo.

http://www.scribd.com/doc/1084701/08-Os-Corpos-Espirituais-e-o-Peri…

Carlos de Brito Imbassahy, engenheiro e Professor de Física aposentado,
articulista e escritor de vários livros.

a) Aura é um conceito que
envolve uma série de definições, contudo, a que nos interessa diretamente é
aquela que corresponde às radiações energéticas de nosso organismo ou corpo
somático, devido às energias celulares, ditas orgânicas. Essas energias são
geradas pelas cargas iônicas que existem em nosso organismo, principalmente pelo
cloro (Cl-) e pelo potássio (K+), além de outros radicais químicos. Também temos
as energias de campo geradas pelo movimento celular interno. O corpo animal,
portanto, é um gerador de energia e, como no caso dos condutores elétricos
(efeito corona), cria um campo em torno de si que impressiona determinadas
câmeras fotográficas, dando certo contraste luminoso.

A esta figura
assim obtida é que se dá o nome de aura humana. Ocorre, todavia, que esse mesmo
efeito captado pelas ditas câmeras fotográficas também é visto em outros
elementos, até mesmo em folhas de vegetais e num pequeno grão de monazita.

b) Perispírito – Segundo Allan Kardec é o envoltório do espírito que tem
por finalidade precípua ligá-lo ao domínio material, principalmente como campo
estruturador dos corpos somáticos para que neles se manifeste a vida espiritual
do encarnante.

c) Duplo etérico – considerando que uma pessoa viva
possui um campo energético somatíco provocado pelas energias orgânicas e um
campo psico-energético provocado pela presença do perispírito durante o processo
encarnatório, os dois juntos vão se acoplar formando o que vulgarmente se
conhece como duplo.

d) Modelo Organizador Biológico (MOB) – Nada mais é
do que o perispírito atuante, durante o processo encarnatório, com suas
propriedades de moldar o corpo para as necessidades da vida que deva levar a
pessoa. A expressão foi usada com muita propriedade pelo Dr. Hernani G. Andrade.

e) Corpo Mental – Deve ser algum conceito que fuja aos conhecimentos
científicos. Não conheço. Não há referências de Kardec.

http://www.omensageiro.com.br/entrevistas/entrevista-54.htm

 

CORPO MENTAL

Denominação dada pelo médico e pesquisador francês, Hyppolite Baraduc, quando através de suas pesquisas com máquina fotográfica sensível, conseguiu isolar e fotografar uma estrutura luminosa que envolvia o cérebro da pessoa fotografada .

A respeito do mesmo Allan Kardec não se pronunciou, entretanto, o Espírito de André Luiz, por vezes, em suas obras, manifesta-se a respeito, com as seguintes palavras: “o corpo mental é o envoltório sutil da mente e que, por agora, não podemos definir com mais amplitude de conceituação, além daquela com que tem sido apresentado pelos pesquisadores encarnados, e isto por falta de terminologia adequada no dicionário terrestre” .

O consagrado médium e tribuno, Divaldo Pereira Franco, no livro Mediunidade – Encontro com Divaldo – fala a respeito do Corpo Mental, onde afirma que “outras doutrinas, como o Budismo, a Teosofia, o Esoterismo, estabeleceram que teríamos sete corpos superpostos ao Espírito, entretanto, Allan Kardec, optou por uma tríade, por ser mais compacta, mais complexa, mas não podemos negar que existam o chamado Corpo Mental, que está naturalmente aderido ao Perispírito”.
http://www.feal.com.br/colunistas.php?art_id=11&col_id=9

Postado por Nilza Garcia em 29/03/16, na rede Espirit Book.

Posts Relacionados