Trata-se de um lugar definido, uma região física ou espiritual onde se reúnem Espíritos infelizes. Uma pessoa que pense mal, pessimista, cria uma psicosfera ou atmosfera mental em sua volta, densa, que contamina outra que conviva ao seu lado.


Se dois indivíduos maus se reúnem, criam um campo vibratório negativo. Se vários indivíduos sensuais, pervertidos, ébrios, toxicômanos, fumantes, agregam em determinado sítio, eliminam uma energia que lhes cria um campo de umbral pessoal. É o umbral mental, por eles constituído. Quando desencarnam, essa vibração deletéria que conduzem tem um peso específico e sofre a força de atração semelhante à que a gravidade exerce sobre a matéria, conduzindo os infelizes para aquele local onde estão outros portadores do mesmo teor vibratório, tornando-se uma região umbralina. Note-se que os Espíritos, via de regra, desde as tradições mais remotas, já se referiam a esses locais, dando-lhes a denominação de inferno, que são justamente essas regiões de sofrimentos transitórios . . .
O umbral é definido como uma “região destinada a esgotamento de resíduos mentais.”

Resposta de Divaldo Franco

GRUPO DE ESTUDO ALLAN KARDEC

Postado por Ana Maria Teodoro |Massuci, em 24/08/17, na Rede Espirit Book