Não pare jamais de trabalhar para o bem!

Cada vez que pararmos, nossa alma

começa a ficar na rigidez cadavérica.

A alma inativa morre de tédio e cansaço.

Não deixe que seu espírito enfraqueça na inação.

Viva alegre e entusiasta e empregue

todas as suas forças na plantação do bem,

do amor, do carinho no coração daqueles

que o cercam na vida.

 

Carlos Torres Pastorino