Mulher diz que não comer açúcar há 28 anos é o segredo de sua juventude…

A mudança na dieta de Carolyn ocorreu há pouco mais de 28 anos, quando ela tinha 41. É isso mesmo, a conta não está errada, ela tem atualmente 70 anos.

“Foi difícil, no início, como eu era viciada em doces, mas acredito que é um dos fatores mais importantes pelos quais consegui manter-me saudável e manter a boa forma”, contou em entrevista ao Daily Mail australiano.Ela substituiu o açúcar por adoçantes naturais, que tem baixas calorias, mas nem todo o segredo está na alimentação.

Carolyn pratica exercícios todos os dias, seja caminhando, fazendo ioga ou jogando tênis. Ela também atribui sua saúde ao fato de dormir pelo menos oito horas, remover bem a maquiagem antes de dormir e cuidar do corpo e rosto com cremes.

Ela finaliza lembrando dos cuidados com a mente e fé dizendo que medita todos os dias e é agradecida. “Eu sou um otimista, mesmo quando tenho desafios lançados a mim eu aprendi a permanecer positiva. Nunca se compare com os outros. Esteja ciente do que você gosta e deixe isso lhe inspirar, todos nós temos nossas próprias características especiais”, completa.

Vale a pena substituir o açúcar?

Apesar de deixar os alimentos mais gostosos, o açúcar branco e refinado não tem quantidades significativas de nutrientes e ainda recebe aditivos químicos no seu processo de industrialização. Isso o tona um alimento bastante nocivo, segundo matéria do Minha Vida, parceiro do Catraca Livre.

Pesquisadores da Universidade da Califórnia (EUA) afirmam que o açúcar é tão perigoso quanto o álcool e o cigarro, e seu consumo também deveria ser controlado.

Em artigo publicado pela revista Nature, os cientistas afirmam que ele é o responsável por problemas de saúde que vão além da obesidade e diabetes, também provoca a elevação das triglicérides, alterações no fígado e na hipertensão arterial.

 

Nosso comentário: também completei exatos 70 anos e há mais tempo do que ela, mais precisamente 39 anos que não uso açúcar, não como carne de espécie alguma nem leite. Apenas como o arroz integral e sigo os princípios da macrobiótica. Escusado dizer que, exceptuando problemas de ordem kármica, ou seja, de ordem espiritual, todos os transtornos de saúde resultam de erros alimentares.

Alberto Maçorano

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *