Moradores de rua são mortos com golpes de barra de ferro em Santo André…

Dois moradores de rua foram mortos com golpes de barras de ferro na tarde deste domingo, 28, no bairro Casa Branca, em Santo André, na Grande São Paulo. A polícia investiga o paradeiro do agressor, que foi filmado por uma câmera de segurança de uma clínica médica na frente de onde o crime aconteceu.

As vítimas foram identificadas pela Polícia Civil como Fabio Netto das Neves, de 48 anos, e Michael Steer Renshaw, de 50, que nasceu na Inglaterra e morava no Brasil havia cerca de dez anos. Vizinhos os descreviam como “tranquilos e prestativos”. Um terceiro homem, também em situação de rua, foi atacado, mas conseguiu fugir.Segundo as investigações, a barra de ferro usada nas agressões foi removida da estrutura de um estacionamento na calçada.

Familiares das vítimas ainda não foram localizados. No caso de Renshaw, a busca também está sendo feita pelo consulado britânico.

Segundo a polícia apurou com outros moradores de rua, a dupla já tinha se desentendido com o agressor dez dias antes, mas o motivo não foi esclarecido. Ele segue desaparecido e nenhum dos colegas das vítimas soube dizer o nome dele.

 

Nosso comentário: no meu imaginário não consigo conceber qualquer tipo de crime desse teor, seja em que circunstâncias for. Começando por aquele princípio que ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém, uma vez que não somos nós que temos o poder de dar a vida a quem quer que seja. Não obstante, enquanto o homem teimar em pensar que a vida superficial e fictícia que vive corresponde à realidade; enquanto pensar que morreu, acabou tudo; enquanto pensar que são espertos aqueles que conseguem livrar-se de punição e da justiça terrena, mesmo que criminosos; enquanto o homem pensar que crimes hediondos podem passar impunes perante a justiça terrena e tudo fica por aí, está completamente equivocado. A realidade será bem diferente do que pensa e tudo que for feito ou apenas pensado ficará registrado na sua mente e será apresentado no tribunal divino após a sua desencarnação perante o qual será julgado e pagará até ao último centavo. Daí o renascimento de espíritos em corpos mutilados, alguns, outros cegos, outros surdos; anões; doenças ditas incuráveis, as famosas doenças de Alzheimer, Parkinson, as doenças ditas mentais; paralisias; transtornos bipolares, obsessivos e agora a tão famosa microcefalia, que dizem os desinformados ser provocada pelo inofensivo… mosquitinho da dengue, e por aí vai.

Acreditamos que se as pessoas ditas “bandidos e marginais” se tivessem a certeza absoluta que os crimes cometidos jamais ficarão impunes e sofrerão inapelavelmente a justiça divina, pensariam mil vezes antes de cometerem qualquer crime. É aqui que bate a minha “tecla”. Essa informação fornecida apenas pela doutrina espírita terá que ser um dia matéria de estudo nas escolas. Só o conhecimento liberta da ignorância como dizem alguns filósofos. Assim também nós o dizemos.

Que os políticos de bom senso possam debruçar-se sobre tão profunda temática em prol da evolução, do conhecimento e, como ta, em prol da tão ansiada PAZ UNIVERSAL.

Alberto Maçorano

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *