– Amanhece…

A oportunidade de amar que Tu me dás ressurge com a luz do dia.

Cada um é semeador da vida, que passará no carro das horas,

Contemplando a terra dos corações.

Que ninguém deixe de depositar o seu grão de amizade

No solo triste que aguarda reverdecimento!

Qualquer pessoa que seja encontrada,

Que se transforme em canção de alegria.

– Não permita sair da sua presença coração algum amargurado

Sem que antes se haja enflorescido de esperança.

A oportunidade voa e passa; mas, a semente do amor ficará plantada

Nas vidas, viajando pelas gerações do futuro

E produzindo alimentos de paz.

– Cai a tarde…

O Sol se esgueira, cedendo lugar às sombras que permanecerão por um pouco.

Antes de ir-me com ele, é necessário dizer-Te: Senhor, tenho as mãos limpas

E o coração tranquilo.

Na noite, perceberás onde estive.

Os lugares se encontram assinalados pelas estrelas de gratidão

Que fulgirá nos olhos de todos aqueles em quem depositei

A claridade do Teu amor.

Rabindranath Tagore