Mais de cem nomes do cinema e do teatro assinaram um documento em protesto à condenação e à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo informações da coluna de Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, deste sábado (21).

Segundo o jornal, um trecho do manifesto afirma que a “corrupção é a usurpação dos direitos consagrados na Constituição Cidadã de 1988”.

+ Triplex atribuído a Lula em Guarujá tem dívida de R$ 102,9 mil de IPTU

Entre as personalidades que aderiram ao documento, estão ao atrizes Silvia Buarque, Andrea Beltrão, Bete Mendes e os cineastas Luiz Carlos Barreto, Toni Venturi, Beto Brant, Claudio Assis, Walter Lima Jr e Laís Bodanzky.

Nosso comentário: “corrupção é a usurpação dos direitos consagrados na Constituição Cidadã de 1988”. Esta frase chamou a minha atenção. Foi a primeira vez que a li e, por incrível que pareça, retrata fielmente o que a justiça? brasileira fez com lula. Como falar em acabar com a corrupção se alguns juízes são os primeiros a prevaricar essa prerrogativa constitucional? Como falar em acabar com a corrupção se o Brasil tem um presidente comprovadamente corrupto juntamente com uma máfia, seus parceiros, no governo e no Congresso?

Alberto Maçorano