Goleiro Bruno está na zona oeste do Rio, na casa da mulher

RIO – O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes, acusado pelo assassinato de Eliza Samúdio, em 2010, chegou na noite desta quinta-feira, 2, ao Rio de Janeiro. Ele está na casa de sua mulher, a dentista Ingrid Calheiros, no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste da capital fluminense.

De acordo com o seu advogado, Lúcio Adolfo, Bruno deverá retomar a sua rotina de antes da prisão, como se exercitar e passar o tempo com a família.

Além disso, ele cuidará de analisar as nove propostas de trabalho oferecidas por clubes de futebol, incluindo três da Série A. Segundo Adolfo, a decisão vai impactar na escolha do Estado onde o ex-goleiro poderá morar.

O advogado disse ainda que, nos próximos dias, o ex-atleta fará o teste de DNA para confirmar a paternidade de Bruninho, filho de Eliza Samúdio, e regularizar a pensão alimentícia.

Bruno havia apresentado à Justiça de Minas Gerais nesta quinta-feira o pedido de autorização para viajar ao Rio, para conhecer a casa da mulher.

Endereço fixo. Na sexta-feira, 24, quando Bruno deixou a prisão, o advogado disse que ele apresentaria endereço fixo no Rio. A entrega do comprovante de residência foi uma das condições feitas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello para conceder o habeas corpus ao goleiro, condenado a 22 anos de prisão pelo assassinato da ex-namorada

Nosso comentário: não dá para entender como um juiz do STF pode conceder habeas corpus a um sujeito com suspeita gravíssima num crime tão horripilante. Além do mais como existem times que estejam abertos a conceder primazia da prática de um esporte, seja ele qual for? Realmente só no Brasil podem acontecer coisas sui generis. 

Alberto Maçorano

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *