A Globo passou a inspecionar figurinos e objetos usados nos cenários de programas com mais cuidado depois que o tecladista da banda do cantor Johnny Hoocker apareceu ao vivo com uma camiseta com os dizeres “Fora Temer” ao vivo, na última quinta-feira (8).

Segundo informações do Blog do Mauricio Stycer, do UOL, quem levou a culpa pelo incidente foi a figurinista do programa “Encontro com Fátima Bernardes”. Ela não teria checado a roupa dos convidados antes de eles entrarem no palco.

O tecladista apareceu em cena apenas uma vez, sendo cortado pelos câmeras durante todo o resto da apresentação. Já na sexta-feira, as regras mais rígidas foram adotadas no “Encontro” e no programa “É de casa”, do sábado.

Nosso comentário: insisto nestas postagens, porque tentou criar-se a ilusão nas redes sociais que a maioria das pessoas era contra a Dilma e favorável ao seu impeachment, o que não é verdade. Nunca foi verdade. Manipularam as informações. Os resultados agora são visíveis. Dilma, que não é e nunca foi corrupta. Não identificaram nada contra a sua pessoa, e olha que tentaram fossar de tudo quanto era possível. Foi votada por uma corja de corruptos comprovados e trocada por um governo também ligado à corrupção por muitos dos seus integrantes e por um presidente que por alguma razão não muito ética colocou um património de dois milhões de reais em nome do seu filhinho “Michelzinho”…

Alberto Maçorano

 

Posts Relacionados