Eleve seu coração em prece!

Mas evite recitar fórmulas lidas ou decoradas.

Que de seu coração partam as palavras espontâneas,

como você faz quando conversa com um amigo querido.

Prece não é obrigação que alguém desempenhe para

“ver-se livre de um peso”.

Ore fervorosamente, mas sentindo as palavras que profere,

para que a ligação com as entidades angélicas seja efetiva e real.

Faça da oração um hábito indispensável â saúde espiritual.

 

Carlos Torres Pastorino 

 

 

Posts Relacionados