Não existem muitas diferenças entre os mundos do além e os lugares que encontramos aqui na Terra. Da mesma forma que aqui na Terra, lá você encontra lugares bonitos e lugares feios, lugares agradáveis povoados por gente boa e lugares desagradáveis povoados pela pior espécie de pessoas.

Lá do outro lado as pessoas se reúnem de acordo com suas afinidades ou vibrações. Pessoas positivas, alegres, de boas vibrações viverão em uma colónia repleta de pessoas semelhantes . Uma pessoa má, negativa e pessimista se sentirá melhor em companhia de pessoas iguais e será levada a viver numa colónia construída e administrada por pessoas semelhantes. Existem casos em que os seus sentidos só funcionam diante de pessoas que vibram igual a você. Um espirito bom e de vibrações elevadas pode ser invisível aos olhos de espíritos de baixa vibração.

E isso faz a diferença entre as diversas colónias e regiões do mundo espiritual. Não é difícil imaginar que deve haver diferenças entre um lugar criado e administrado por pessoas boas e por espirito elevado e um local administrado por pessoas ruins de espirito baixo.

Sobre todas as cidades do planeta Terra existem universos paralelos, regiões espirituais invisíveis para nossos sentidos limitados, indetectáveis a partir dos instrumentos e tecnologias que possuímos hoje. Sobre a cidade onde você mora certamente existem uma ou mais colónias habitadas por pessoas que não se encontram mais nesta dimensão onde vivemos.

As colónias são verdadeiras cidades de grande, médio ou pequeno porte. Não existe nada mágico, não é um mundo de fadas cheio de efeitos especiais. Tudo que temos aqui na Terra temos lá. Afinal de contas as cidades da Terra e as cidades do além foram construídas por nós mesmos. Desta forma são semelhantes. Lá você encontra casas, prédios, escolas, hospitais, praças, jardins, lagoas, rios, animais, fábricas, alimentos, máquinas, veículos para transporte, instituições governamentais, hierarquia. As colônias ocupam uma área delimitada cercada por muralhas e sistema de proteção para evitar a invasão de espíritos vindos das regiões sombrias.

Sobre a cidade do Rio de Janeiro encontramos uma colónia chamada NOSSO LAR, a primeira descrita por um espirito chamado André Luiz. Na época em que o livro foi escrito (na década de 30) existiam mais de 1 milhão de almas que lá habitavam. Sobre a Cidade de São Paulo encontramos 3 grandes colónias. Existem referências sobre colónias localizadas na região de Brasilia e Ribeirão Preto/SP devido à sua beleza.

As colónias espirituais do Brasil foram criadas à pouco tempo tendo início com a colonização do país. Antes já existiam núcleos menores ocupados por indígenas. Existem colónias no Oriente com milhares de anos de existência. As maiores e mais belas se localizam sobre a Índia e o Tibete. As colónias possuem intenso intercâmbio entre si e com os postos de socorro que são locais subordinados a elas que se encontram em planos espirituais mais baixos (inclusive na Terra) para ajudar e resgatar almas perdidas nas regiões de sombra (Umbral).

Algumas colónias possuem Escolas de Regeneração e grandes Hospitais para onde são levados os espíritos resgatados em regiões do Umbral. Estes espíritos passam por ensinamentos e tratamento para se recuperarem dos problemas morais e sentimentos negativos que ainda os prendem em níveis mais baixos.
______________________________________
Algumas das imagens ao lado são pinturas mediúnicas, seguindo relatos de pessoas cujos espíritos se ausentaram dos corpos durante o sono, e ao acordar lembravam de tudo o que se passou no outro plano (desdobramento).

– Temas abordados sob a ótica espírita respeitando todas as filosofias e crenças.

GRUPO DE ESTUDOS AMIGOS DE CHICO XAVIER

Postado por Ana Maria Teodoro Massuci, em 31/10/17, na Rede Espirit Book