Ser humilde requer de todos nós uma luta contra o egoísmo, a vaidade e o orgulho.
Egoístas não conseguimos a humildade porque estamos voltados apenas para nós mesmos e vaidosos deixamos que nosso ego seja maior que os nossos gestos, já o orgulho não nos deixa demonstrar o que há de melhor em nosso coração.
Por isso buscar a humildade não é tarefa fácil para nenhum de nós, que ainda caminhamos a passos lentos para uma melhora interior.
A humildade nos pede uma transformação dos nossos defeitos visando exaltar as virtudes que há em cada um.
Não sejamos apressados nos passos da caminhada, a humildade não chega de hoje para amanhã com o tempo vamos adquirindo coragem para não reagir a uma discussão, com o tempo vamos valorizando mais o simples e deixando de lado o que não nos convém.
Procuremos exercitar a calma que há em nós e principalmente a compreensão para as ações que não dependem nós, porque tudo que pudermos fazer para nos modificarmos não depende do outro e sim das nossas atitudes.
É tempo de rever pensamentos, rever ações, rever nossa postura perante àqueles que nos cercam, rever o que carregamos em nosso coração, só desta forma poderemos buscar a humildade como caminho certo para continuarmos.
Seja humilde diante daquele que demostrar o orgulho;
Seja humilde diante daquele que lhe apresentar a vaidade;
E seja humildade diante do egoísmo.
Porque só podemos transformar o outro diante do exemplo que damos e não com palavras e discussões. Pensemos Nisso!

Postado por Adina Martins no grupo Espiritismo Kardecista Brasil 2, em 03/06/16

 

Posts Relacionados