Divaldo Franco, reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores espíritas da atualidade, completa 90 anos nesta sexta-feira (5). Com 70 anos dedicados ao Espiritismo, Divaldo, natural da cidade de Feira de Santana, publicou mais de 250 livros, de mais de 200 autores espirituais.

No dia 7 de setembro de 1947, ele fundou o Centro Espírita Caminho da Redenção. Cinco anos mais tarde, em 1952, Divaldo Franco deu início ao seu maior trabalho: a fundação, ao lado de Nilson de Souza Pereira, da Mansão do Caminho, instituição localizada no bairro de Pau da Lima, em Salvador, que acolheu e educou crianças sob o regime de Lares Substitutos. A instituição já tirou mais de 160 mil pessoas da condição de miséria extrema.

Em vinte Casas Lares, educou mais de 600 filhos, hoje emancipados, a maioria com família constituída. Na década de 60, iniciou a construção de escolas, oficinas profissionalizantes e atendimento médico.

A Mansão do Caminho é uma das principais obras de Divaldo Franco.

Atualmente, a Mansão do Caminho é um complexo educacional com 83 mil metros quadrados e 52 edificações que atende a três mil crianças e jovens de famílias de baixa renda. O complexo atende a diversas atividades socioeducacionais como: enxovais, pré-natal, creche, escolas de ensino fundamental e médio, informática, cerâmica, panificação, bordado, reciclagem de papel, centro médico, laboratório de análises clínicas, atendimento fraterno, bibliotecas e outros. Mais de 35 mil crianças passaram, até hoje, pelos vários cursos e oficinas da Mansão do Caminho. A obra é basicamente mantida com a venda dos livros mediúnicos e das gravações de palestras, seminários, entrevistas e mensagens de Divaldo.

https://youtu.be/rq-3EX4yiFA

https://youtu.be/7WrguZWETk0

Ao longo da vida como palestrante e conferencista espírita, Divaldo recebeu homenagens em diversos países e cidades da América do Norte, Central, do Sul, Europa e África. Ao todo, foram 20 Comendas, 334 Placas de prata, douradas e bronze, 54 Medalhas, 49 Troféus, 43 Moções de Congratulações, 187 Diplomas e Certificados e 12 Títulos Honoríficos significativos.

Destacam-se entre as homenagens o Título Honoris Causa em Humanidades, pelo Colégio Internacional de Ciências Espirituais e Psíquicas, em Montreal, Canadá, em 1991; o Decreto de Ordem do Mérito Militar, em 1997, pelo Presidente da República do Brasil; a Medalha Chico Xavier, do Governo do Estado de Minas Gerais, em 2001; o Título de Doutor Honoris Causa em Humanidades, pela Universidade Federal da Bahia, em 2002; a homenagem da Universidade Estadual de Feira de Santana, em 2002; o Título de Embaixador da Paz no Mundo, junto com o amigo Nilson de Souza Pereira, recebido em Genebra, na Suíça, em 30 de dezembro de 2005, pela Ambassade Universalle Pour la Paix; e o título de Embaixador da Bondade no mundo, recebido em 2008, em Paigton, no Sudoeste da Inglaterra, dado pelo monge tibetano Kelsang Pawo, da Fundação Kelsang Pawo, que se dedica a proteção de crianças em perigo em todo o mundo.

http://g1.globo.com/bahia/noticia/um-dos-mais-importante-lideres-espiritas-do-pais-divaldo-franco-completa-90-anos.ghtml

Postado por Benoni Martins, em 06/05/17, na Rede Espirit Book

Posts Relacionados